domingo, 3 de fevereiro de 2008

Volmar, o marron: mais um amigo do mercado parte para outra dimensão...


Faleceu ontém, em pleno carnaval, após a morte do mestre Avez-vouz e do Miguel Coelho da Consulado, mais um amigo da turma do Mercado Público. Volmar, o marron, era formado em educação física e trabalhava na área de segurança de eventos. Por esse motivo, sempre estava bem informado das atividades e festas da cidade. Me lembro dele trabalhando, sempre muito elegante e tratando todos com muita classe, em uma festa de formatura de alunos de comunicação, onde eu fui homenageado como professor, no segundo semestre de 2006. Nesta festa de formatura eu estava acompanhado do Luizinho outro amigo do mercado que já se foi ...
Segundo Kiko Ortiga: "em 2007 Volmar sentiu algo estranho e procurou o médico. Após vários exames, segundo ele mesmo havia me dito na época, os médicos lhe disseram que seu coração não queria mais bater, estava cansado (foi exatamente isso que disseram para ele) e sua única saída seria um transplante, lhe dando algo em torno 2 anos de vida. Recentemente esteve no Cacau Menezes, no Jornal do Almoço, pedindo, literalmente, um coração para viver ".
Volmar não fumava, não bebia e desde que soube do problema de saúde fez o que pode para superá-lo. As primeiras informações são de que faleceu logo após a cirurgia cardíaca. Segundo o Adriano Miranda e o Kiko Ortiga, na sexta-feira, quando chegou a notícia, o corpo de Volmar estava a caminho de Lages, sua cidade Natal. É, além de tudo era conterrâneo ...
A Foto do Volmar é do Kiko Ortiga.

2 comentários:

Marla disse...

Que emoção ao acessar o Blog e me deparar com a bonita homenagem ao meu querido amigo Volmar, que foi para outra dimensão e deixou uma legião de amigos tristes e saudosos de seu jeito moleque, educado e festeiro.Quando me ligou a caminho de Blumenau para fazer o transplante estava feliz e otimista, como sempre...
Volmar,meu querido,olhar a sua foto e reconhecer neste olhar o "menino" de sempre, me comoveu profundamente...Não tive coragem ainda de olhar as inúmeras fotos que temos juntos.. Um beijo carinhoso na sua alma, da tua sempre amiga!
Marla

Silvia Burela - Argentina disse...

Oh que tristeza a morte do marron, este verao estivemos com Paulinho , Claudio, e dois amigos mais no continente bebendo,ele omento que estava a espera dum coracao, realmente nao gostei da noticia da morte dele. Beijos Silvia