quinta-feira, 19 de junho de 2008

Repercussões dos comentários de Lúcia Hippólito na CBN

Vários comentários da "comentarista" Lúcia Hippólito na rádio CBN tem repercutido entre os blogueiros. Esse pessoal da grande mídia acha que pode passar impune e falar sem consequência ... A dica foi do nosso colaborador Raul Longo, vejam os comentários da moça e a repercussão nos blogs:
"Uma das coisas que talvez o presidente Lula tenha feito mal para o país, porque as pessoas acham que podem, de repente, se candidatar presidência da República sem nunca ter feito nada. Olhe o Dunga, nunca foi técnico nem do time da esquina da rua dele. Agora já virou técnico da seleção brasileira e acha que sabe tudo. Olhe a ministra Dilma [Roussef], nunca administrou nada a não ser a Casa Civil, com esses problemas todos que ela está tendo, já acha que pode ser presidente da República. Dureza, hein?" - sentidos do zurrar do Hipolíto, interpretado pelo paleontologista Emerson Luis.
fonte: http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/a-audiencia-cai-devido-a-pessoas-preconceituosas/
"A AUDIÊNCIA CAI DEVIDO A PESSOAS PRECONCEITUOSAS"
Atualizado em 16 de junho de 2008 às 21:35
Publicado em 16 de junho de 2008 às 21:16por Emerson Luis, no Nas Retinas, em 16 de junho de 2008
http://emerluis.wordpress.com/2008/06/16/preconceito-de-classe-explicito-para-lucia-hippolito-a-culpa-da-derrota-da-selecao-tambem-e-do-lula/

Vejam, ou melhor ouçam, a classe da colunista (?) Lucia Hippolito na CBN. Quem merece acordar pela manhã, ligar o rádio, e ouvir coisas tão absurdas nas análises desta "especialista"?Os proprietários dos veículos conservadores não entendem porque a cada dia perdem audiência para a Internet e outros veículos alternativos. Eu explico: a audiência cai devido a pessoas preconceituosas como Lucia Hippolito.Em seu comentário pela manhã na CBN ela simplesmente conseguiu aliar a derrota da seleção brasileira ao presidente Lula, desqualificando-o para exercer o cargo de presidente da república. Ou seja, se a seleção perdeu, a culpa é do despreparado do Lula.É a fina flor do jornalismo de caserna. Ao acordar de mau humor numa segunda-feira, Lucia usa o microfone para exercer o preconceito de classe, como pessoa culta e preparada que é. Obviamente, não admite que um cidadão com histórico político ganhe as eleições e assuma o cargo de chefe máximo da nação.Lucia, uma dica: 2010 está ai. Pq vc, que é uma pessoa preparada, equilibrada, culta, que tem faculdade, doutorado e mestrado não se candidata para o cargo?Indo mais além na sua forma sabotadora de comunicação, aliada a apatia de uma das rádios mais sem criatividade que já surgiram no Brasil, Lucia ainda chama a ministra Dilma, que nem é candidata a nada, de despreparada, a roldão do presidente Lula.Leiam o trecho citado, literalmente: "Uma das coisas que talvez o presidente Lula tenha feito mal para o país, porque as pessoas acham que podem, de repente, se candidatar presidência da República sem nunca ter feito nada. Olhe o Dunga, nunca foi técnico nem do time da esquina da rua dele. Agora já virou técnico da seleção brasileira e acha que sabe tudo. Olhe a ministra Dilma [Roussef], nunca administrou nada a não ser a Casa Civil, com esses problemas todos que ela está tendo, já acha que pode ser presidente da República. Dureza, hein?"Literalmente foi isso que se ouviu hoje pela manhã em uma das principais redes de rádio do país, que administra uma concessão pública de radiodifusão, ou seja, do Estado. Fiquei pensando no trecho "nunca ter feito nada", que ela usou para se referir as atividades do presidente.Se Lucia fosse algo mais ou menos parecido com um jornalista, ela definiria exatamente o que quis dizer nestas entrelinhas. Defender direitos trabalhistas durante uma ditadura é fazer nada? Ser preso pela ditadura é fazer nada? Percorrer o país em caravana para ter base sólida e conhecimento do país é nada? Ter sido deputado constituinte é nada? Ter disputado cinco eleições com sabotagem da imprensa é nada? Ter colaborado pela redemocratização do país é nada?Lucia, com todo o respeito que uma dama merece, quem precisa fazer alguma coisa é você, talvez um curso de cidadania em programas públicos, visitas em assentamentos de terra, a projetos de inclusão digital, aos albergues, programas de alfabetização, enfim, uma visitinha a qualquer periferia que está ai bem perto de você, para aprender que propagar preconceito de classe usando os meios de comunicação é péssimo para o país.

Um comentário:

Daniela R. Schneider disse...

Gostei Raul, está na hora daquela dama ver o seu lugar... Aliás, de manhã na CBN é uma seqüência de vociferantes propagadores da cultura de elite deste país, representantes da direita rancorosa, pois temos ainda o Jabor, e outros tantos mais, que cospem o seu verbo milenar contra a democracia com participação popular!!!